Maria Luiza Martha Vieira é campeã Brasileira de Júnior na SHB

João Vitor Gomes de Lemos venceu o Pré Junior e Isadora Pastore Vilella foi medalha de ouro no Mirim  

 Nem mesmo a chuva forte que caiu na SHB no começo da noite deste domingo tirou a emoção e o brilho da disputa da final individual do Campeonato Brasileiro de Saltos de Junior. A medalha de ouro só foi definida no baixar da bandeirola do último conjunto a entrar na segunda volta do GP Hélio Pessoa – final individual- , quando a representante de São Paulo, Maria Luiza Martha da Silva Vieira e sua excepcional Acarole do Refúgio, que precisavam do zero para o título, deixaram todos os obstáculos intactos. Malu Martha, como é conhecida, já tinha a Prata garantida com a tordilha Árica de Caillou, mas entregou um zero pontos lindo, numa pista perfeita e garantiu o ouro mais do que merecido.

Muito feliz e cumprimentada pela família inteira, Malu de 17 anos, é quase uma veterana no esporte: campeã brasileira de  Junior 2019, campeã sul-americana Pré Junior 2018 e bronze sul-americano Pré Junior 2019, ainda assim disse que ficou muito nervosa. “É meu primeiro campeonato de Júnior e estou há pouco tempo montando essa égua, mas eu não sei o que acontece, mesmo nervosa, quando entro na pista, consigo fazer direito”, explicou a campeã. E como!

A medalha de prata foi para o conjunto de Pernambuco, João Pedro de Almeida Chaves e Calanthus JMen, vencedores do primeiro dia e também regulares em todo o campeonato e o Bronze ficou em casa, com o cavaleiro da SHB, Antonio D’Orey da Veiga e seu também ótimo Le Care.

 No Pré Júnior, o título, também muito disputado, foi para Brasília, para o Jovem João Vitor Gomes de Lemos, de apenas 15 anos, filho do cavaleiro Sênior Top Geraldo Gomes de Lemos.

“Fui campeão sul americano Mirim individual e por equipes 2019. E esse ano me dediquei muito, principalmente durante a quarentena e consegui esse título de campeão brasileiro. Estou muito feliz, muito obrigado a todos que torceram!”, festejou o vencedor. “Se tudo seguir certinho vou fazer mais um ano de Pré Junior”, continuou, Christiano está na nossa mão desde os 4 anos de idade e só deu alegria até agora”, finalizou o vencedor.

Em segundo no podium ficou Camila Junqueira de Mendonça com Essenza TW, por São Paulo  e em terceiro João Marcelo Lopes Santos com Belina da Amoranda, da Federação Equestre de Pernambuco.

Na categoria Mirim, com obstáculos a 1.30m na segunda volta do GP, quem conquistou a medalha de ouro foi a representante de São Paulo Isadora Pastore Vilela que montou Sil For.

Medalha de Bronze na categoria no ano passado, Isadora festejou o título: “Esse ano eu vim para ganhar”, afirmou e dedicou o campeonato à sua égua.

João Malucelli Egoroff e o craque Wangu Cooper ficaram em segundo e Raissa Alfredo Oliveira com Libelle Z, conquistaram a medalha de Bronze. Todos os três da Federação Paulista de Hipismo.

Neste domingo, em cerimônia não menos emocionante antes do GP da final dos Juniors, que levou seu nome, a Hípica homenageou os 80 anos do cavaleiro internacional da casa, treinador e course designer, Hélio Pessoa. Parte da família mais icônica do hipismo brasileiro, Hélio estreou em grandes competições no Brasil e na Europa nos 60, e nos anos 70 conquistou centenas de vitórias e classificações em concursos nacionais e internacionais.Com a presença dos presidentes da FEERJ, Rodolpho Figueira de Mello, da CBH, Ronaldo Bittencourt e da SHB, Antônio Alegria Simões, foi entregue ao cavaleiro de uma placa de bronze comemorativa.

Seguindo as orientações das autoridades sanitárias, o evento aconteceu sem público e exigindo o respeito aos itens das Regras de Ouro da Prefeitura do Rio de Janeiro para a prevenção da Covid-19.

Informações completas, ordens de entrada e resultados podem ser conferidos no site da SHB.. Confira tudo em www.shb.com.br ou baixe o aplicativo disponível para Android e IOS e não perca nenhuma ação.

O CBS da Juventude tem patrocínio de Total, Grupo Sabemi, AD, Fenixx Seguradora e Transporte de Valores, Sportv, VillageMall e Multiplan. Apoio: Japiassú, Hotel Aretê, Royal Horse e Três Corações e a chancela de CBH e Feerj.